UCPel contribui para elaboração de plano de contingenciamento da Covid-19 em Arroio Grande

O Mestrado Profissional em Saúde no Ciclo Vital da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) firmou uma parceria com a Secretaria de Saúde do município de Arroio Grande, a fim de contribuir com ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A primeira cooperação deu-se através da elaboração dos protocolos para a testagem de possíveis portadores da doença.

Inicialmente, as determinações do Ministério da Saúde e da Secretaria do Estado inviabilizaram a realização imediata dos testes na cidade. Portanto, a farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde de Arroio Grande, Letícia Christ, fez contato com Janaína Motta, que foi sua professora na Pós-Graduação em Farmácia Clínica e Hospitalar nas disciplinas de Epidemiologia e Metodologia da Pesquisa, para obter auxílio nesta questão.

“Recebemos uma verba e queríamos investir em testagem, mas faltava uma orientação para montar um plano de contingenciamento, que visa informar, testar, rastrear e isolar a população para impedir a expansão do vírus”, conta Letícia. Atualmente, as coletas são encaminhadas para o Laboratório Antonello, em Pelotas, e para o Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS), em Porto Alegre.

Distribuir informação

Após a elaboração dos protocolos de testagem, buscou-se entender como o vírus circulava na cidade, com o intuito de desenvolver ações para conscientizar a população. Vários materiais de divulgação foram produzidos e compartilhados em âmbito local. “Conhecimento é prevenção”, diz Letícia.

A cooperação entre a Católica de Pelotas e a Secretaria de Saúde de Arroio Grande ocorre conforme o surgimento das demandas. Estão em foco a prevenção e a promoção da saúde. “No momento, a parceria está centrada na Covid-19, mas não deve se encerrar quando acabar a pandemia”, comenta a professora Janaína. Inclusive, já se planeja o desenvolvimento de uma campanha para evitar acidentes domésticos na utilização de medicamentos.

 

Redação: Max Cirne