Pesquisadores da UCPel estão entre os mais influentes da América Latina

Cinco pesquisadores da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) integram a lista de mais influentes da América Latina, segundo o AD Scientific Index 2021. A plataforma registra o desempenho acadêmico de cientistas de áreas diversas, considerando sua produção científica total e dos últimos cinco anos. 

Os professores que obtiveram destaque são Fernando Barros (Epidemiologia), Ricardo Tavares Pinheiro (Ciências Médicas e da Saúde/Psiquiatria), Maria Cristina Gonzales (Ciências Médicas e da Saúde/Nutrologia), Luciano Mattos de Souza (Saúde Mental) e Luciana de Avila Quevedo (Saúde Mental).

De acordo com o coordenador de pesquisa e pós-graduação da UCPel, professor Ricardo Tavares Pinheiro, o ranking é um entre outros importantes índices de reconhecimento da produtividade e influência de pesquisadores e universidades do mundo. 

O mesmo indicador também informa que os representantes da UCPel figuram na lista dos 10 mil pesquisadores mais influentes dos países do Brics (bloco que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). “Ainda estamos entre os cem mil mais citados e lidos no mundo”, comemora Pinheiro. 

Os pesquisadores de destaque integram o Programa de Pós-Graduação em Saúde e Comportamento (PPGSC), o Mestrado Profissional em Saúde no Ciclo Vital (MPSCV) e os cursos de graduação em Medicina e Psicologia. 

AD Scientific Index 

O AD Scientific Index é um sistema de classificação e análise baseado no desempenho científico e no valor agregado da produtividade científica de cientistas individuais. Além disso, fornece classificações de instituições com base nas características científicas dos cientistas afiliados.

O ranking é formado a partir do índice i10 (que contabiliza os artigos com 10 ou mais citações), índice h-Index (que considera número de citações recebidas pelas publicações), utilizando como fonte o Google Acadêmico. 

O levantamento relativo aos Brics inclui 1.033 universidades dos cinco países-membros. O ranking da América Latina abrange 543 instituições.

Redação: Rita Wicth – MTB 14101