Linhas de Pesquisa

Saúde Gestacional e Puerpério

Desenvolver estudos relacionados à temática que envolve a mulher do período gestacional ao pós-parto, afim de proteger o concepto. Além disso, a linha objetiva estudar agravos no período perinatal, bem como, os métodos diagnósticos habitualmente utilizados e estratégias de intervenção.

 

Desenvolvimento Infantil

Busca capacitar os profissionais da área na avaliação de aspectos referentes ao desenvolvimento infantil e suas influências psicológicas, genéticas, sociais e culturais.

 

Estratégias Preventivas em Saúde do Ciclo Vital

Visa compreender fatores biopsicossociais relacionados à aplicação dos princípios do SUS e à doação de estratégias de prevenção em saúde, bem como no desenvolvimento de atitudes e comportamentos adequados para absorção destas estratégias.

 

Estratégias Preventivas em Saúde Mental

Objetiva potencializar esforços dos profissionais da área de saúde na atenção primária aos transtornos mentais. Através da investigação de diferentes contextos clínicos e populacionais, a linha busca contribuir com a elaboração de estratégias de prevenção em saúde mental de acordo com fatores de risco e protetores evidenciados, elaborar mecanismos periódicos de tais estratégias nos diversos pontos da rede de atenção à saúde mental, bem como, promover recursos técnicos de avaliação de tais procedimentos.

 

Avaliação Psicodiagnóstica e Intervenções Breves em Saúde Mental

Objetiva capacitar profissionais da área da saúde para identificação precisa de transtornos mentais e aperfeiçoar o tratamento de transtornos mentais no contexto clínico. A linha busca contribuir com a criação e validação de instrumentos psicométricos, elaboração de guidelines para avaliação e encaminhamento de sujeitos na rede de saúde, assim como, promover habilidades que aperfeiçoem a avaliação psicodiagnóstica. Ademais, busca contribuir com a criação e estruturação de protocolos de intenções breves, avaliar a influência de distintos contextos no processo e resultados terapêuticos, assim como, promover habilidades que aumentem a eficácia e eficiência das intervenções em saúde mental do Sistema Único de Saúde.